Notícias

BOLETIM INFORMATIVO: Situação da FUNCASAL é discutida

16/05/2017
Publicado em Notícias | Comentar

O Sindicato dos Urbanitários de Alagoas, realizou uma Assembleia no dia 09 de maio, com participantes e assistidos da FUNCASAL, Fundação de Previdência Complementar dos trabalhadores/a da CASAL, visando alertar a categoria sobre a situação em que se encontra a Fundação, especialmente no que se refere a questão financeira.
Após apreciação das informações, a assembléia deliberou por ampla maioria de votos, pelo pedido de intervenção na FUNCASAL, com vistas à preservação dos recursos que deverão assegurar a complementação da aposentadoria dos/as legitimados/as.
A deliberação teve por base uma apresentação que, expressa a situação econômica e financeira da Funcasal, enviada pela direção daquela entidade de previdência complementar, ao Sindicato dos Urbanitários, após reunião entre a Funcasal e o Sindicato dos Urbanitarios onde, na oportunidade, foi apresentada e debatida a situação do plano de benefício patrocinado pela CASAL.
Após análise da situação financeira da Fundação, ficou comprovado o risco que paira sobre a FUNCASAL, com a maior parte do seu patrimônio na mão da patrocinadora e, também, devido a um ralo financeiro mensal, por conta de um contrato jurídico considerado imoral, que desperdiça hoje quase R$ 70 mil reais, aumentado esse valor mês a mês, o que contribui também para que a Fundação permaneça desenquadrada conforme legislação – CGPC – 29.
Após várias intervenções, onde foram levantados vários pontos de vista e esclarecidas às dúvidas dos presentes, não se encontrou alternativa, senão pedir a intervenção imediata da Superintendência Nacional de Previdência Complementar – PREVIC, órgão responsável pela fiscalização dos planos de previdência do país.
O entendimento é que a FUNCASAL já possui hoje as condições legais para sofrer uma intervenção, pois já há várias irregularidades identificadas pela própria PREVIC, sendo um caminho que poderá recuperar a solidez da FUNCASAL e garantir as aposentadorias de seus participantes e assistidos.

Avante na defesa do patrimônio dos Trabalhadores e trabalhadoras!

Os comentários estão encerrados.