Sindicato dos urbanitários repudia lançamento do edital de privatização da Ceal

Hoje (15/06/2018), mais uma etapa do golpe ao povo brasileiro entrou em curso, com a publicação do edital de leilão das seis distribuidoras da Eletrobras, entre elas a Ceal, divulgado no Diário Oficial da União. É notório o desespero desse governo golpista em concluir o plano de entrega da soberania nacional o quanto antes, pois sabem que esse projeto neoliberal jamais seria aceito nas urnas.

O Sindicato dos Urbanitários de Alagoas, bem como toda a categoria no Brasil, vem travando essa luta junto a sua base, tanto judicialmente, quanto através das articulações políticas no congresso nacional, e nas ruas dialogando com a população. Durante esse período, vitórias e derrotas foram colocadas. Conseguimos cancelar a primeira audiência no estado e o governo federal não mediu esforços para garantir a realização da segunda audiência. Conseguimos de forma liminar, com apoio de cada trabalhador, suspender o processo de privatização, mas numa decisão autocrática o governo golpista derrubou essa liminar.

Agora, o governo golpista e ilegítimo empurra para todos nós a privatização da maior estatal de Alagoas. Não há tempo para esmorecer, nem desanimar. É hora de reforçar para a população e o governo, que a Ceal é do povo alagoano, de pedir o afastamento de Wilson Pinto Júnior da presidência da Eletrobras e lutar em defesa da soberania nacional.

O Sindicato, o Escritório Jurídico Garcez, o Coletivo Nacional dos Eletricitários já estão em diálogo para pensar em formas de reagir e resistir a esse ataque à classe trabalhadora e ao próprio país.