Aneel aprova tarifa de energia elétrica por horário de consumo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira um sistema de cobrança de tarifa que permitirá às distribuidoras de energia definir um horário de pico com um preço mais caro que o cobrado durante o resto do dia. 

Com a medida, os consumidores terão a chance de economizar na conta de luz, uma vez que poderão reduzir o consumo no horário de pico. A medida deve entrar em vigor em 2014, de acordo com informações da Folha de S.Paulo.

Pelo novo sistema, que é opcional, haverá três momentos tarifários: cada distribuidora de energia vai definir um intervalo de três horas, de pico, entre 17h e 22h, em que o consumo de energia elétrica será mais caro. 

Neste período, a energia custará cinco vezes mais do que no horário de baixo consumo, no resto do dia, e três vezes mais do que no horário intermediário, que será de uma hora antes e uma depois do horário de pico. 

Atualmente, os consumidores pagam uma tarifa única, independentemente do horário. No horário que não corresponde ao de pico e ao intermediário (19 horas), a tarifa será um pouco menor do que é cobrado atualmente.

Fonte: Jornal do Brasil