Trabalhadores/as da Eletrobras rejeitam alteração no Estatuto da FACEAL

Em grande Assembleia realizada na noite de terça-feira, 23/01, os/as trabalhadores/as da Eletrobras Distribuição Alagoas rejeitaram, por unanimidade e de forma veemente, a decisão da empresa de impor alterações no Estatuto do Fundo de Pensão dos/as Trabalhadores/as (FACEAL), exigindo que a Patrocinadora respeite o Acordo Coletivo de Trabalho em vigor e mantenha as regras atuais para as eleições da Diretoria Administrativo-Financeira e de Benefício.

Os/as trabalhadores/as deliberam também o indicativo de mobilização , a partir de 1º de março, caso a direção da Eletrobras não respeite a Cláusula Décima Primeira, do Acordo Coletivo (ACT) , que prevê que ‘’a empresa proporá ao Conselho Deliberativo da FACEAL, uma gestão tripartite (empresa, participantes ativos e participantes assistidos), garantindo-se o processo eleitoral do Diretor Financeiro Administrativo e Diretor de Benefício juntamente com os Conselhos’’.

Em relação ao descumprimento do ACT relativo as suspensões do Plano de Saúde pela administradora ALIANÇA, os/as trabalhadores (as) deliberaram para que o Sindicato a denuncie ao Ministério Público do Trabalho (MPT/PRT), bem como acionar a justiça para suspensão do reajuste no valor do Plano de Saúde UNIMED de 12,66 %, imposto aos/as trabalhadores/as sem discussão com o Sindicato.

A categoria está mobilizada e com disposição para lutar pela manutenção dos seus direitos e não abrirá mão de suas conquistas históricas. MOBILIZAÇÃO JÁ! TODOS/AS NA LUTA!