Petistas convocam militantes para ato com Lula e Haddad em SP

O PT pretende usar a homenagem que o ex-presidente Lula receberá hoje na Câmara Municipal de São Paulo, às 19h, para mobilizar os militantes do partido em prol da pré-candidatura a prefeito de Fernando Haddad.

O pré-candidato participará da cerimônia em que serão concedidos o título de cidadão paulistano e a medalha Anchieta ao ex-presidente. As honrarias foram propostas por dois vereadores do partido, Alfredinho e José Américo.

Por Haddad, Lula vai ao ‘Programa do Ratinho’ na terça

Como o plenário só comporta cerca de 400 convidados, será montado um telão no auditório externo da Câmara, onde o PT espera reunir mais mil pessoas. Os militantes estão sendo estimulados a vestir camisetas com as cores do partido e a levar bandeiras e faixas.

No sábado passado, durante seminário temático da pré-campanha, o vereador Antonio Donato, presidente do PT paulistano, convocou os participantes a irem à Câmara hoje.

“Não sabemos se o presidente Lula conseguirá descer [até o auditório externo], mas o Haddad com certeza irá dar um abraço em vocês”, disse.

Em seguida, ele emendou que Lula também pode sair para saudar os militantes.

Políticos de partidos aliados do governo federal e o prefeito Gilberto Kassab (PSD), que apoia a pré-candidatura de José Serra (PSDB), foram convidados para o ato. A presença dele só seria definida hoje.

Líderes petistas admitem o risco de o prefeito ser vaiado pela militância, o que pode levá-lo a não comparecer.

Folha.com