Sindicato se reúne com direção da CEAL para discutir privatização e orçamento de 2019

O Sindicato participou de reunião com a direção da CEAL, quando foram discutidas questões relativas a privatização da empresa e ao orçamento para o ano que vem. Conforme informações do site canalenergia.com.br, o governo Temer está preparando uma Medida Provisória – MP, para que a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, possa abrir uma chamada pública garantindo que um administrador temporário possa assumir a concessão da Amazonas Energia.

Durante a reunião com a direção da empresa foi discutida a informação de que a concessão da CEAL também poderá ser tratada através de uma MP, a ser editada pelo governo federal, em acordo com a equipe de transição do novo governo.

O teor dessa MP permitiria a exploração dos serviços de distribuição em um espaço de tempo de até dois anos. Caso até dezembro de 2018 o governo não consiga privatizar, pode haver a liquidação da empresa.

A operação temporária seria para o período até a privatização que seria feita pela ANEEL. A MP que está sendo gestada vem no sentido de permitir que a ANEEL promova o leilão da concessão, e esse processo demoraria de seis a oito meses.

Nessa linha, o orçamento aprovado para a CEAL para o ano que vem é de apenas 30% do valor proposto para 2019, o que inviabiliza a gestão da empresa durante o decorrer do ano, mesmo com a possibilidade de revisão.

O Sindicato reafirma seu compromisso de luta em defesa da CEAL como empresa pública, prestando um serviço de qualidade para toda a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *