NOTA SOBRE A PRIVATIZAÇÃO DA CEAL

O Sindicato dos Urbanitários de Alagoas lamenta que o governo ilegítimo de Michel Temer tenha privatizado a maior empresa pública que presta serviço no Estado de Alagoas. A CEAL foi entregue ao capital privado no dia 28 de dezembro de 2018 por apenas R$ 50 mil. A empresa compradora não apresentou deságio, ou seja, não vai oferecer redução da tarifa. A CEAL era considerada a mais atrativa das Distribuidoras e, mesmo assim, foi entregue sem qualquer concorrência, o que põe por terra os argumentos apresentados pelo governo de que haverá redução de tarifa para o consumidor final.

O Sindicato vem travando uma luta de mais de 20 anos contra a privatização da CEAL. Sempre defendemos uma empresa pública com qualidade de serviço. Sendo um setor estratégico, entendemos que é preciso que o poder público garanta esse serviço para todos/as, sejam pobres ou ricos, sejam urbanos ou rurais. Empresa privada só visa lucro e só investe onde há retorno financeiro, a questão social não é levada em consideração.

A luta por um serviço que garanta energia para todos/as continua. O Sindicato manterá seu compromisso, através dos/as trabalhadores/as da CEAL, de minimizar os malefícios que certamente virão para os/a trabalhadores/a, como demissões e também para a população, como queda na qualidade dos serviços, apagões e aumento de tarifas.

A Luta Continua!

 

Nestor Powell

Presidente do Sindicato dos Urbanitários de Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *