Trabalhadores/a da Equatorial aprovam ACT 2019/2021

Os/a trabalhadores/a da Equatorial Alagoas aprovaram o primeiro acordo coletivo da categoria com a nova empresa, em assembleia realizada no dia 14 de maio, no auditório do Sindicato. Após nove rodadas e 36 horas de exaustivas negociações, com todas as dificuldades que se tem em um processo deste tipo, ainda mais por se tratar de uma empresa privada, a categoria entendeu que o acordo deveria ser fechado, já que houve pontos de avanço e conquistas em relação a primeira proposta apresentada pela empresa.

O Sindicato realizou uma grande mobilização e a categoria lotou o auditório da entidade, demonstrando reconhecimento ao esforço para se obter o melhor acordo possível, diante da grave conjuntura política adversa, que tem prejudicado a classe trabalhadora em todo o país. O acordo está em processo de formalização e finalização e, assim que houver a assinatura definitiva, será disponibilizado na íntegra no site do sindicato.

PRINCIPAIS PONTOS DO ACORDO

  • Reajuste salarial pelo INPC, sendo 50% em 1º de maio e o restante em 1º de julho, sendo a segunda parcela com retroativo.
  • Os salários passam a ter adiantamento quinzenal de 30% e, o restante até o dia 30 de cada mês. Sendo que os salários passam a ser pagos sempre no dia 30 de cada mês.
  • PLR garantida para 2019 e 2020.
  • Jornada de trabalho se mantém em 7,5 horas (horário comercial) para os atuais contratos e de 8 horas para os futuros trabalhadores/a.
  • Para Turno Ininterrupto a jornada será de até 144 horas, com possibilidade de até duas trocas por mês.
  • Adicional de Insalubridade e Periculosidade conforme a legislação atual.
  • Ajuda de custo para transferência.
  • Plano de Saúde e Odonto se mantém o atual até a finalização de estudos para novo plano a ser implantado.
  • Auxílio Doença será pago como se na ativa estivesse. Em caso de acidente de trabalho, será garantido o afastamento por 4 meses, prorrogáveis por mais 4 meses, após avaliação médica.
  • Auxílio Creche até 7 anos com aumento de 50% para casos de pessoas com necessidades especiais, o que foi uma conquista em mesa de negociação, podendo estender esse benefício para babá ou cuidador.
  • Auxílio Funeral, seguro de vida e de acidentes garantidos.
  • Política de segurança e saúde do trabalhador
  • Uniformes
  • Promoção de tratamento para dependentes químicos.
  • Combate ao preconceito, discriminação e assédio.
  • Mantido atual valor do Auxílio Alimentação, sem desconto para quem ganha até R$ 3.160,00. Desconto de R$ 45,00 para quem ganha de R$ 3.160,00 até R$ 5.384,00 e, desconto de R$ 100.00 para quem ganha acima desse valor.
  • Auxílio educacional será mantido somente até dezembro deste ano, apenas para quem já possui. Após essa data o benefício será extinto.
  • Vale transporte será pago conforme legislação.
  • Garantida assistência a acidentados cujo tratamento não seja coberto pelo plano.
  • Assistência médica para prevenção de doenças ocupacionais.
  • Respeito a autonomia sindical, com livre circulação de comunicados e reuniões do Sindicato nos locais de trabalho, como também a manutenção dos dirigentes e da mensalidade sindical.
  • Reuniões de acompanhamento do ACT entre Sindicato e Empresa.
  • Adiantamento do 13º salário.
  • Adicional de Tempo de Serviço se tornará vantagem pessoal, no valor recebido em 30/04/2019.
  • Bolsa de estudos será extinta pela empresa a partir de 01/06/19.
  • Adicional de Penosidade será de 75% do valor recebido até então. (outro avanço conquistado em mesa de negociação).
  • Trabalhador/a que falte um ano para completar o tempo para se aposentar de forma integral, terá garantida estabilidade neste período.
  • Gratificação de férias será de 1/3 conforme legislação, podendo ser parcelada em três períodos. Quem completou período aquisitivo até 30/04/19, ficam mantidas as regras de pagamento do acordo anterior.
  • Liberação de dois dias para acompanhamento de dependentes com doenças.
  • Aprovação do Banco de Horas.
  •  Vigência do ACT por dois anos, com as cláusulas econômicas revistas após um ano.

Este acordo representou grande esforço do Sindicato e da categoria para garantir o menor prejuízo possível, diante das tantas ameaças que os/a trabalhadores/a tem enfrentado no atual governo, com retirada de conquistas e perdas salariais. Assim que o acordo for totalmente formalizado e assinado, será disponibilizado na íntegra aqui no site do Sindicato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *