Essa greve é de todos nós

Vítimas da onda de ataques aos direitos dos/a trabalhadores/a que vem sendo lançados nos últimos três anos no Brasil, os/a jornalistas alagoanos/a estão em greve contra algo inadmissível e inimaginável até poucos anos, redução salarial de 40%.

Esses ataques não atingem só os/a jornalistas/a alagoanos/a. Eles são, na verdade, contra todos/a os/a trabalhadores/a brasileiros/a, que precisam reagir urgentemente, pois estão diante de um desmonte de tudo o que foi construído ao longo de décadas na defesa da classe trabalhadora.

Há cerca de três anos o país passou por uma reforma trabalhista devastadora, uma lei de terceirização visando avançar na precarização do trabalho e, mais recentemente, está sendo atacado com uma reforma da previdência que somente prejudica a quem é assalariado.

A luta dos jornalistas alagoanos é a luta de todos/a os/a trabalhadores/a brasileiros/a.

É preciso lutar, resistir e enfrentar todos esses ataques. Somente com a união de todos/a será possível vencer esse momento político trágico que passa nosso Brasil.

Todo apoio à greve dos jornalistas alagoanos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *