Equatorial inicia demissões

A Equatorial Alagoas, empresa que assumiu o controle da antiga CEAL, inicia um processo de demissão em massa dos/a seus/a trabalhadores/a. Já são dezenas de demitidos desde que tomaram posse. O clima entre os/a trabalhadores/a é de apreensão e medo.

As demissões não tem nenhum critério técnico, e o pior é que entre os/a demitidos/a estão trabalhadores/a que entraram recentemente na empresa através de concurso público, qualificados e especializados nas atividades fim da empresa.

As demissões atingem todo o Estado de Alagoas. O Sindicato alerta que além de prejudicar diretamente centenas de famílias, atinge a economia de Alagoas e certamente irá prejudicar a qualidade de um serviço estratégico e essencial para toda a população.

Essas demissões não fazem nenhum sentido, pois essa mão de obra é necessária para a empresa, que terá que recontratar esse pessoal especializado através de terceirizadas. Ocorre que os/a demitidos/a já possuem salários compatíveis com o mercado local. Além disso, não irão precisar de capacitação, pois já são treinados e qualificados para atuar na área.

O Sindicato alerta, mais uma vez, que se essa onda de demissões continuar haverá uma grave crise em nosso Estado, aumentando ainda mais o desemprego e prejudicando a população, que não terá a mão de obra qualificada e treinada para cumprir função extremamente perigosa e altamente especializada.

O Sindicato repudia essa atitude da Equatorial, ao tempo em que apela aos Parlamentares Alagoanos que atuem para que esse processo não siga adiante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *