Audiência sobre terceirização na Equatorial termina sem acordo

Os Urbanitários participaram, no dia 13 de agosto, de audiência no Tribunal Regional do Trabalho – TRT de Alagoas, referente a ação feita pelo Sindicato e o Ministério Público do Trabalho – MPT, solicitando o pleno cumprimento de decisão transitada em julgado sobre a terceirização na antiga CEAL (atual Equatorial).

Na audiência, o Sindicato questionou o não cumprimento da decisão judicial que previa o fim da terceirização nas áreas definidas através do Acordo firmado no MPT e, a contratação de 360 pessoas que prestaram concurso, já que ainda restam algumas dezenas de pessoas para serem contratadas.

A empresa foi enfática ao afirmar que não está descumprindo nada, que a lei de terceirização mudou e que não é obrigada a contratar ninguém que fez concurso, pois o regime jurídico da empresa mudou, além de ser livre para terceirizar.

O Sindicato solicitou, durante a audiência, o cumprimento imediato e total do que foi acordado na justiça e, se colocou à disposição para negociação. A empresa se manteve intransigente, alegando que quer negociar, no entanto, não cede em nada e ainda trouxe novamente para a mesa a possibilidade de contratação via terceirizada, já rejeitada por unanimidade em assembleia pelos/a trabalhadores/a.

A audiência terminou sem acordo e agora resta aguardar se o Juiz irá já decidir monocraticamente, ou marcará nova audiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *