Sindicato cobra da CASAL acompanhamento da transição dos serviços da BRK

A diretoria do Sindicato solicitou reunião com o presidente e a Diretoria de Operação e Gestão da CASAL, para tratar de assuntos referentes a relocação dos/as trabalhadores/as, por ocasião do processo de transição de parte dos serviços da Companhia para a BRK Ambiental, vencedora do leilão que irá operar parte do sistema de abastecimento e esgotamento sanitário de Alagoas.

Pelo contrato, a BRK, vencedora do leilão, irá operar por 35 anos os serviços de água e esgoto em 13 cidades da região metropolitana de Maceió, que reúne uma população de 1,5 milhão de pessoas.

O Sindicato está acompanhando atentamente esse processo, visando garantir que os direitos dos/as trabalhadores/as da CASAL e dos SAAE’s sejam assegurados, não havendo retrocessos ou prejuízos.

Uma comissão de transição deve ser criada, visando verificar passo a passo a substituição dos serviços da CASAL para a BRK, onde o Sindicato terá participação ativa, fiscalizando o processo e agindo em caso de qualquer tentativa de perda de direitos.

O Sindicato espera que a CASAL marque essa reunião com brevidade, para que o acompanhamento possa se iniciar o mais rápido possível.

FUNCASAL

No dia 18 de novembro a direção do Sindicato esteve reunida na FUNCASAL, com a presidente Maria do Socorro Marques Leite Alves, visando obter informações sobre a situação da fundação, cumprindo seu papel de acompanhar e fiscalizar as ações da entidade, que garantirá o futuro dos/as trabalhadores/as da CASAL após sua aposentadoria, complementando os rendimentos daqueles que deram uma vida inteira de dedicação a companhia.

A reunião foi bastante proveitosa, quando o Sindicato ouviu o relato da presidente Socorro Alves, deixando claro que continuará vigilante na fiscalização dos destinos da fundação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *