Manifesto assinado por dezenas de entidades repudia demissões na CASAL

Dezenas de entidades representativas dos trabalhadores, dos servidores públicos do Estado de Alagoas e movimentos sociais, lançaram um “Manifesto” onde demonstram sua indignação e descontentamento com relação aos atos antidemocráticos de demissões de dirigentes sindicais, levados a efeito pela Direção da CASAL – Companhia de Saneamento de Alagoas. O “Manifesto” está aberto a novas adesões.

As entidades, que representam milhares de alagoanos/as filiados/as, consideram a atitude do presidente da CASAL Clécio Falcão, uma verdadeira tentativa de desmonte do Sindicato dos Urbanitários, visando o enfraquecimento da representação dos/as trabalhadores/as, atingindo todo o movimento sindical brasileiro.

Segundo o documento, os Urbanitários de Alagoas, entidade que desde os fins da década de 1970 e início de 1980 representa os empregados da CASAL, nunca presenciaram algo semelhante, “nesses mais de 40 anos de atuação sindical, traduzindo-se estes precedentes em verdadeiros atentados contra a liberdade, organização e autonomia sindical, e contra os direitos dos trabalhadores alagoanos”.

O referido “Manifesto” é apenas mais um de dezenas de apoios que a entidade tem recebido de todo o país, entre elas, a Central Única dos Trabalhadores/as nacional – CUT, a Confederação Nacional dos Urbanitários  – CNU, a Federação Nacional dos Urbanitários – FNU, a Internacional de Serviços Públicos – ISP, a Confederação dos Trabalhadores de Água, Saneamento e Meio Ambiente das Américas – Contaguas e a Federação Regional dos Urbanitários do Nordeste – FRUNE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *