7 de julho de 2021

Equatorial inicia processo de negociação dos ACT’s de 2020 e 2021/2023

Após três meses da aprovação e envio da pauta dos/as trabalhadores/as da Equatorial Alagoas, além de ofícios do Sindicato, solicitando o início das negociações, a empresa finalmente deu início ao processo de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT, na primeira reunião de negociação ocorrida no dia 02 de julho.

Este ano estarão sendo negociados os ACT’s de 2020 e de 2021/2023.

Na primeira reunião de negociação, referente ao ACT de 2020, que negocia apenas as cláusulas econômicas, a empresa ofereceu unicamente a reposição da inflação apenas nos salários e, ainda, limitando essa reposição da inflação para quem estava na empresa na data-base, pagando esse valor para quem entrou na empresa após a data-base de forma proporcional ao ingresso, dependendo da data de admissão.

Na segunda rodada de negociação, ocorrida no dia 05 de julho, após o repúdio do Sindicato à proposta oferecida na primeira rodada, a empresa fez nova contraproposta, oferecendo, desta vez, a inflação para todas as cláusulas econômicas, exceto para a cláusula Auxílio Creche, no entanto, sem o retroativo à data-base, o que foi considerado absurdo pelo Sindicato.

O Sindicato argumentou que essa proposta vai de encontro com o compromisso da empresa com os/as trabalhadores/as, pois descumpre o acordo de garantia da data-base, aceita pela empresa, feita por ocasião do acordo para negociação do ACT de 2020 apenas este ano.

Uma nova negociação está marcada para o dia 09 de julho, quando o Sindicato espera que a empresa reveja seu posicionamento e cumpra com o que foi acordado, garantindo a data-base e, desta forma, pagando todo o retroativo do período.

Somente após as negociações do ACT de 2020 se encerrarem é que se iniciará a negociação do ACT 2021/2023.

Durante todo o processo de negociação o Sindicato manterá a categoria informada, seja através dos seus veículos de comunicação, seja através de assembleias virtuais, que estão sendo assim realizadas devido a pandemia.

7 de julho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *