22 de julho de 2022

Trabalhadores/a da Equatorial aprovam proposta para Banco de Horas da Pandemia

O Sindicato realizou assembleias com os/as trabalhadores/as da Equatorial, visando a apresentação da proposta da empresa para o Banco de Horas da pandemia, quando a categoria, por ampla maioria de votos, decidiu aprovar a proposta apresentada.

As assembleias ocorreram no dia 21 de julho na Equatorial Arapiraca e, no dia 22 de julho, no prédio sede da Equatorial em Maceió.

Pela proposta, as horas positivas serão pagas 30% agora em agosto. O restante deverão ser compensadas até dezembro deste ano. Caso isso não ocorra, em janeiro de 2023 será pago o restante que restou.

As horas negativas foram prorrogadas até 30 de junho de 2023.

O/a trabalhador/a somente poderá pagar até duas horas por dia.

Haverá um limitador de horas a ser observado durante esse período. O que ultrapassar esse limitador, será abonado.

Desse limitador será desconsiderado férias, finais de semana, feriados, atestado médico ou qualquer previsão de falta justificada.

Se ao final de junho de 2023 o/a trabalhador/a ainda tiver saldo negativo, haverá um desconto no salário dividido em seis parcelas.

A proposta foi considerada boa pela categoria, pois as propostas iniciais da empresa dificultavam o pagamento para quem tinha horas negativas, ameaçando o/ trabalhador/a de corte no salário.

Durante as negociações o sindicato conseguiu melhorar vários pontos da proposta, tornando o pagamento de quem deve horas algo viável, sem maiores prejuízos para quem pagar conforme a proposta.

Parabéns a todos pela vitória.

A luta continua!

 

22 de julho de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *